fbpx

Blog Laboro

A campanha “ Faça Bonito” em combate ao abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes, no ano de 2020 necessitará de uma nova produção e inovação em sua realização. Durante está leitura trataremos a importância da campanha e a necessidade que ela aconteça mesmo com a pandemia que agrava todo o mundo.

Este texto é fruto da disciplina de Pós-Graduação “Produção e Inovação Científica” ministrada como último módulo para a formação dos alunos da Laboro. Nela, os alunos aprendem como aplicar conceitos e ferramentas de forma assertiva e criativa para fomentar a inovação na ciência.

Autora: Ana Caroline Da Costa Batalha, aluna de Pós-Graduação em Saúde Mental e Atenção Psicossocial.

Orientadora: Professora Me. Bruna Almeida

Todos os anos é realizada a campanha “Faça bonito”, que ficou marcada no calendário para dia 18 de maio devido a uma tragédia que ocorreu e chocou toda cidade de Vitorias- ES, foi o dia que a menina Araceli,8 anos, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta. A data 18 de maio ficou definida como o combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, desta forma ano após ano o país utiliza  essa data para realizar campanhas que levem conhecimento, apoio e incentivem a denúncia de qualquer ato que comprometa os direitos deste público.

As campanhas anteriormente eram realizada nas escolas, praças públicas, auditórios e lugares onde abrangessem o maior número possível de pessoas, assim a informação chegava mais rápido e um número cada vez maior ao combate. O ano de 2020 o mundo foi surpreendido pela pandemia causada pelo novo vírus ( Covid-19) que trouxe um grande risco para a população tendo assim que ser iniciadas medidas drásticas para o controle da contaminação de todos, foram adotadas medidas de isolamento social que incluem ao fechamento temporários de escolas e outros ambientes que causassem aglomeração de pessoas.

Sabemos como a pandemia tem atingido o mundo todo e impossibilitando a saída para os empregos, escolas, encontros sociais e outros, ressaltando o medo e insegurança que todos estamos sentido sobre este momento de incertezas. Com este problema que já tem uma proporção enorme sobre todos não podemos descartar um outro problema que continua acontecendo na sociedade que é o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes.

O abuso e exploração de crianças e adolescentes continua acontecendo e muitas vezes dentro da própria família em suas casas, entendemos que a campanha “Faça Bonito” precisa continuar a levar informações e apoio para as vítimas deste crime. Usando de uma nova produção e inovação para levar até as residências o objetivo da campanha, a primeira estratégia utilizada seria a elaboração de vídeos realizados pelos técnicos do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) que são psicólogos, assistentes sociais e  advogados, falando sobre os sinais que as vítimas apresentam, o comportamento do agressor, traumas psicológicos e físicos, como denunciar e onde buscar ajuda. Os vídeos seriam repassados por redes sociais que alcançassem toda a sociedade alvo.

A segunda estratégia seria a confecção de cartões informativos que seriam colocados nos serviços essenciais das cidades (comércios, farmácias e outros), a cada pessoa que fosse a esses ambientes seriam colocados juntamente com os produtos os cartões informativos. Essa forma de inovação proporcionará a sociedade o apoio necessário para continuar com o combate a o abuso e exploração que vem aumentando com as crianças e adolescentes. Chegara em cada casa o necessário para que se identifique se isso está acontecendo com um filho, sobrinho ou alguém que conhecemos e então tomar as atitudes necessárias para a denúncia.

Se você se interessou por esta área, saiba mais sobre nossa Pós-Graduação em Saúde Mental e Atenção Psicossocial.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

https://www.facabonito.org.br/

1 comentário

  • É de vital importância que se crie estratégias no combate a essa exploração, mesmo durante a pandemia, pois o confinamento também pode ser um fator desencadeante dessa exploração.

Deixe aqui o seu comentário ou dúvida sobre o que acabou de ler 😉

%d blogueiros gostam disto: