Pandemia: desafios na gestão hospitalar

A pandemia da COVID-19 trouxe desafios ao sistema de saúde e de diagnóstico. Este artigo descreve a importância da gestão, do planejamento e as alterações inovadoras realizadas em todos os setores da Clínica São Camilo em Luis Eduardo Magalhães-BA.

Este texto é fruto da disciplina de Pós-Graduação “Produção e Inovação Científica” ministrada como último módulo para a formação dos alunos da Laboro. Nela, os alunos aprendem como aplicar conceitos e ferramentas de forma assertiva e criativa para fomentar a inovação na ciência.

Autora: Priscila Beatriz Vieira Alves Floriano (aluna do curso de MBA em Gestão em Saúde e Administração Hospitalar)

Orientadora: Profa. Ma. Bruna Almeida

Em dezembro de 2019, a OMS-Organização Mundial de Saúde, reconheceu em Wuhan, na China uma pneumonia de causa desconhecida.

Um Novo Coronavírus denominado SARS-CoV-2, que pode ser transmitido através de gotículas, contaminando pessoas próximas ou objetos e superfície. Em março a OMS declarou a COVID-19 como uma pandemia.

Medidas para atender a população

Quais medidas a Clínica São Camilo de Luis Eduardo Magalhães tomou diante da pandemia, para que conseguir atender a população com qualidade?

Desde março, a Alta Gestão da Clínica selecionou um grupo de profissionais, denominado GT COVID, composto por uma equipe multidisciplinar, com objetivo de planejar estratégias e ações imediatas para lhe dar com o vírus e uma nova realidade.

Cada coordenador era responsável em trazer seus indicadores de fluxo e estoque e suas medidas de ações semanalmente.

Transmitir segurança aos profissionais era uma obrigação e prioridade. A importância do controle de infecção hospitalar teve grande destaque em todos os setores, e treinamento intenso de equipes foi o primeiro passo de muitos:

  • Uso correto de EPIs;
  • criação de novos planos de higiene dos ambientes;
  • Alteração de fluxo de atendimento e de todos os setores;

Entre tantos outros treinamentos de procedimentos que continuam acontecendo em forma de Educação continuada.

Mudanças na estrutura

Muitas mudanças estruturais foram realizadas durante a pandemia, entre elas:

  • Ampliações de sala de espera;
  • Adaptação de Sala de coleta;
  • Tendas no estacionamento para coletas “Drive True”;
  • Criação da ALA COVID, com enfermarias separadas para pacientes Suspeitos e confirmados;
  • Apartamento adaptado para emergências e intubação de pacientes graves que precisam ser transferidos para Hospitais com UTI.

Reestruturação de equipe na pandemia

Reestruturação de equipe da linha de frente também precisou ser feita, através de novas contratações e remanejamento com outros setores. Levando em conta que alguns colaboradores se contaminavam e precisavam ser substituídos por no mínimo 14 dias.

Os setores do laboratório e de imagem foram de suma importância, pois auxiliaram no diagnóstico precoce através dos exames para identificação do vírus, exames complementares para os pacientes suspeitos e confirmados e a Tomografia, todos resultados liberados no mesmo dia.

Métodos para diagnósticos

O laboratório também investiu em métodos mais sensíveis, para cada fase da infecção ser diagnosticada com mais precisão.

O setor de Enfermagem implantou o manejo clinico do Covid, e através do monitoramento diário de pacientes confirmados e suspeitos, conseguiu acompanhar a evolução dos pacientes, e comunicar aos médicos que indicavam a melhor conduta.

O corpo clínico altamente capacitado, criou o Protocolo COVID da Clínica São Camilo, sempre definindo juntos a melhor conduta a ser tomada frente a cada caso, protocolo de muito sucesso, com tratamento precoce, e gatilhos importantes que influenciaram diretamente na recuperação dos pacientes e salvaram vidas.

Todas as questões precisavam de soluções em tempo recorde, e os resultados trouxeram a certeza da importância do trabalho em equipe, de forma multidisciplinar.

O envolvimento administração, corpo clínico e coordenadores dos setores, permitiram um alinhamento estratégico, nunca visto em outro contexto na cidade.

Mostrando a importância da liderança de pessoas, a flexibilidade frente as adversidades e a necessidade de adaptação de mudanças, frente ao cenário epidemiológico de Luis Eduardo Magalhães.

É profissional da Saúde em busca de conhecimento?

Clique aqui e conheça os cursos nas áreas de Saúde Multiprofissional.

Se torne um especialista de Excelência.

Garanta já sua vaga!

REFERÊNCIAS
World Health Organization. Coronavirus disease 2019 (COVID-19): situation report 44. Published March 4, 2020. Accessed March 16,
2020.https://www.who.int/docs/defaultsource/coronaviruse/situation-reports/20200304-sitrep-44-covid-19.pdf?fvrsn=783b4c9d_2.