ONG Valorizar é destaque no primeiro dia da Semana de Responsabilidade Social

“Desde que entrei no projeto social de natação tive um foco positivo na minha vida, buscando viver coisas novas e ter uma realidade diferente da qual eu tinha”. Com essas palavras o jovem Fabiano Galeno expressou sua gratidão à ONG Valorizar durante o primeiro dia da Semana de Responsabilidade Social realizada pela Faculdade Laboro.

A ONG Valorizar atende hoje 150 crianças com idade entre 5 e 15 anos, moradoras dos bairros Vila Conceição e Ilhinha, em São Luís (MA), oferecendo aulas de natação regularmente, durante todo o ano, e aulas de lutas por períodos.

“A minha história na ONG Valorizar começou no momento em que eu já estava totalmente influenciado pelas coisas ruins que acontecem no bairro onde eu moro. Eu usava drogas e realizava pequenos furtos. Mas através da natação comecei me relacionar com pessoas do bem. Só tenho a agradecer a todos os professores e colaboradores do projeto, que me incentivaram a estudar e buscar novos caminhos”, relata Galeno, hoje policial militar e estudante de Serviço Social da Universidade Federal do Maranhão.

Segundo a diretora da Faculdade Laboro, Mônica Gama, a instituição apoia a ONG Valorizar desde 2011 e contribui com ações de captação de parceiros e voluntários para os projetos, adoção de atletas e apoio a eventos. Além da realização de eventos festivos, arrecadação de mantimentos (roupas, brinquedos etc.) e apoiando atividades recreativas externas como passeios em datas comemorativas.


Para o professor Mário Aguiar, diretor da ONG Valorizar, a parceria com a Faculdade Laboro é um grande trunfo pra nós. Todos os projetos têm como objetivo promover a qualidade de vida e o bem-estar dessas comunidades.

“Estamos estendendo nossas atividades. Além da natação, a ONG também oferece os projetos Música da Vila [aulas de violão], Artesanato da Comunidade [artesanato] e Ciranda da Leitura [leitura e interpretação de texto]”, afirma Mário Aguiar.


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação Elitizada ou Direito para todos

Compreendendo que dentro da educação existe o extremismo, que perambula por muitos ambientes e de vários contextos, o que torna imensamente complicado falar de acesso