Laboro celebrará convênio para Mestrado com universidade de Portugal

As diretoras da Faculdade Laboro, Sueli Tonial e Mônica Gama, estiveram em reunião no último dia 06 de novembro na cidade de Braga, em Portugal, com representantes da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Católica Portuguesa com o intuito formalizar um acordo para a oferta de pós-graduações conjuntas e para a criação de condições facilitadas de acesso aos mestrados da Faculdade de Ciências Sociais para os ex-alunos da Faculdade Laboro.

Além das diretoras da Faculdade Laboro, estiveram presentes na reunião, que ocorreu nas instalações da Casa do Professor, em Braga, o Prof. Doutor José Carlos Miranda, a Profª Doutora Alexandra Esteves e o Prof. Doutor Sérgio Tenreiro de Magalhães, representantes da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Católica Portuguesa.

Segundo a diretora da Faculdade Laboro, Sueli Tonial, o convênio internacional permitirá aos alunos da Laboro acesso aos programas lato sensu (especializações) e stricto sensu (mestrado e doutorado) em uma universidade altamente reconhecida em todo o mundo. “É uma certificação internacional acessível para todos os nossos ex-alunos, tanto pelo tempo que necessitarão dispor em módulos em Portugal, que é totalmente factível, quanto pelos investimentos financeiros que são bem em conta”, explica a diretora.

Especializações conjuntas

As especializações conjuntas terão a lecionação assegurada por docentes de ambas as Faculdades, terão diplomas conjuntos e acontecerão essencialmente nas instalações na Faculdade Laboro, sendo disponibilizado aos alunos um módulo internacional optativo em Portugal, nas instalações da Faculdade de Ciências Sociais, de forma intensiva (cerca de 30h, ao longo de uma semana).

De acordo com o Prof. Doutor Sérgio Tenreiro de Magalhães, da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Católica Portuguesa, estas pós-graduações serão criadas em áreas específicas  tais como: Serviço Social, Gerontologia Social, Turismo, Segurança, História, Patrimônio, Educação e Tecnologias da Informação e da Comunicação.

Mestrados

Já o acesso dos ex-alunos da Faculdade Laboro aos mestrados da Faculdade de Ciências Sociais será feito em condições preferenciais, assegurando-se que a inscrição no curso em Portugal será feita nas instalações no Brasil, sem necessidade de deslocamentos, criando-se turmas com horários específicos, que permitam concentrar as aulas do mestrado, em dois meses (regime intensivo), nas instalações da Faculdade de Ciências Sociais.

Os outros créditos poderão ser feitos no Brasil, nas unidades da Faculdade Laboro de Brasília, São Luís ou Palmas.

A previsão é que a primeira turma para o Mestrado em Ciências da Educação com ênfase em Educação Especial e Organização e Administração Escolar iniciem em maio de 2014.

“O mais importante nessa relação são os novos conhecimentos e a qualificação de altíssimo nível, que darão aos nossos alunos uma titulação que abre portas para o mercado profissional e certamente resultarão em  muito mais sucesso”, afirma a diretora da Faculdade Laboro, professora Sueli Tonial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *