GESTÃO DE PESSOAS POR MEIO DA TECNOLOGIA EM POSTOS DE COMBUSTÍVEIS

A gestão de pessoas pode ser evidenciada por liderança e motivação. No que tange a gestão em postos de combustíveis, por meio do uso da tecnologia, o ambiente laboral se torna mais produtivo, mais célere, pois essa ferramenta administrativa corrobora para esse fim tecnológico.

Este texto é fruto da disciplina de Pós-Graduação “Produção e Inovação Científica” ministrada como último módulo para a formação dos alunos da Laboro. Nela, os alunos aprendem como aplicar conceitos e ferramentas de forma assertiva e criativa para fomentar a inovação na ciência.

Autor: Antonio Marcos Magalhães, aluno do MBA em Gestão de Pessoas, Liderança e Coaching.

Orientadora: Profa. Ma. Bruna Almeida

A Gestão de pessoas (GP) é um instituto que vem sendo muito explorado dentro das diversas instituições, sejam elas públicas ou privadas. Diante do crescimento econômico e das inúmeras variações de situações em que o mercado se encontra, a Gestão de Pessoas é um dos recursos que melhor se desenvolve para o bem de qualquer empresa bem como de seus empregados. Assim como a sociedade evolui e tudo que a compreende e envolve, a Gestão de Pessoas é responsável como por analisar o ambiente social do mundo atual, suas diversas variações e evoluções, estudar a evolução da sociedade econômica e suas exigências de mercado, para aplicar as diversas organizações e seu pessoal, transformando, portanto, uma empresa, em uma organização, mais completa e de referencial (KOTLER, 2010).

Embora a Gestão de Pessoas, no que diz respeito a postos de combustíveis, neste ponto de vista seja identificada como um ponto fundamental para qualquer organização, ela atua diretamente no foco central de cada organização, o colaboradores, sejam através de treinamentos, seja através de palestras ou implementações de normas ou estratégias que visem a valorização do trabalhador, sendo o centro das organizações não só o produto final, mas o que a mantem de pé, sua estrutura fundamental, a mão de obra que leva o nome da empresa, cada cidadão colaborador direto e indireto (MESEGUER, 2011).

Em um mundo que gira em torno de mudanças e globalização, que é influenciado diretamente pelos meios informacionais, e estes por sua vez tem o caráter de difundir e incentivar ainda mais a sociedade no seu querer, e dentro desses aspectos as organizações buscam adaptar-se para suprir as necessidades da sociedade como cliente, visando não apenas conquistar clientes e futuros clientes, mas superar-se em se manter no mundo dos negócios como ícone de empreendimento e gerenciamento de negócios para outras organizações (OLIVEIRA, 2013).

A sociedade tem envolvido e influenciado diretamente na cultura das organizações de tal maneira que de controle da atividade humana, a administração passou a promover os valores humanos dentro da própria organização, não apenas como mão de obra, ou serviço, mas como principal foco da saúde e estrutura da empresa. Logo, a tecnologia é um divisor de águas neste processo de Gestão de Pessoas, pois promove uma celeridade no meio de produção, aliado a valores sociais e humanos, que possibilita e oportuniza crescimento e difunde satisfação, além de ter uma maior influência no mundo dos negócios (PEREIRA, 2012).

O uso da tecnologia que identifica o perfil das pessoas é uma grande inovação e oportunidade para que as organizações possam criar processos descrevendo quais as aptidões, qualidades e competências os cargos necessitam, e, assim, selecionar as pessoas com base nas suas características naturais. O que significa uma avaliação e uma gestão de pessoas em um posto de combustíveis de forma mais precisa, ou seja, uma gestão de pessoas profissional que permite colocar a pessoa certa no cargo certo (SCARDOELLI, 2013).

Enfim, o uso dessa tecnologia em favor da administração é um grande avanço em processos seletivos e as chances de erros são menores, pois dificilmente uma pessoa com o perfil certo para o cargo certo, no período de adaptação e experiência irá desistir ou sentir-se incapaz de desempenhar a função proposta. Pessoas certas contribuindo para o desenvolvimento da empresa é certeza de resultados positivos e crescimento para ambos (MALDONADO; NAKAGAWA, 2012).

Se você se interessou por esta área se especialize, saiba mais sobre o nosso MBA em Gestão de Pessoas, Liderança e Coaching clicando AQUI

REFERÊNCIAS

KOTLER, Philip. Administração de Marketing. São Paulo: Prentice Hall, 2010.

MALDONADO, José Carlos; NAKAGAWA, Elisa Yumi. Gerência e Planejamento de Projeto. São Paulo: Cataventos, 2012.

MESEGUER, A. G. Controle e garantia da qualidade na construção. São Paulo, SindusCon/Projeto, 2011.

OLIVEIRA, M. Sistema de indicadores da qualidade e produtividade da construção civil – manual de utilização. Porto Alegre, UFRGS, 2013.

PEREIRA, Carlos. Gestão de Pessoas em empresas. São Paulo: Holmes Editores, 2012.

SCARDOELLI, L. Melhorias de qualidade e produtividade: iniciativas de empresas de construção civil. Porto Alegre: SEBRAE/RS, 2012.

 

1 Comment
One Trackback:

[…] Gestão de pessoas por meio da tecnologia em postos de combustíveisANTONIO MARCOS MAGALHÃES, aluno do MBA em Gestão de Pessoas, Liderança e Coaching No que tange a gestão em postos de combustíveis, por meio do uso da tecnologia, o ambiente laboral se torna mais produtivo, mais célere. Esmiuce […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ranking 7 melhores cursos EAD em 2021!

A educação a distância ganhou grande destaque durante a pandemia de Covid-19 no ensino escolar brasileiro, mas a modalidade já era conhecida no ensino superior,