Engenharia Ambiental: conheça as áreas de atuação

pessoas trabalhando
Tecnologia foto criado por prostooleh – br.freepik.com

Com o aumento da conscientização, algumas áreas têm se popularizado. É o caso da engenharia de meio ambiente.

Mas, dentro da engenharia ambiental, existem diversas formas de atuação. Então, para conhecer melhor quais as possibilidades e saber o que um engenheiro ambiental faz, acompanhe os próximos tópicos!

Quais são as áreas de atuação na Engenharia Ambiental?

Como explicamos no artigo sobre como escolher a graduação certa, é necessário avaliar quais serão as reais possibilidades de trabalho antes de iniciar os estudos.

Então, para te ajudar nessa tarefa, listamos algumas das áreas nas quais você pode atuar trabalhando em uma empresa de Engenharia Ambiental. Veja:

Gestão Ambiental

A Gestão Ambiental é a área que une os conhecimentos administrativos à prática das questões ligadas ao meio-ambiente e aos recursos naturais.

Essa área tende a apoiar e fortalecer o vínculo entre o homem e a natureza, o que tem a tornado uma tendência cada vez maior.

Alguém que trabalha com Gestão Ambiental pode realizar e/ou conduzir pesquisas relacionadas ao meio-ambiente, além de desenvolver técnicas e movimentos de conscientização e iniciar projetos de recuperação de áreas danificadas.

Engenharia Sanitária

A Engenharia Sanitária é de extrema importância para a saúde pública e para o meio-ambiente. Ela consiste no trabalho de construir e/ou ampliar os sistemas de esgoto e saneamento básico.

Além de controlar a qualidade da água consumida pela população, os engenheiros sanitários também carregam a responsabilidade de prevenir a poluição e supervisionam a coleta de lixo, a poluição atmosférica e o ambiente marinho, entre várias outras funções.

Tecnologia Ambiental 

De extrema importância para a Engenharia Ambiental em geral, a Tecnologia Ambiental é necessária para o funcionamento de todas as outras áreas relacionadas.

Isso porque a Tecnologia Ambiental é a área responsável pelo desenvolvimento dos recursos tecnológicos (máquinas, por exemplo) que possibilitam a proteção do meio-ambiente e o avanço nos processos de produção.

A Tecnologia Ambiental é uma área com grande quantidade de empregos, visto que a tecnologia está sempre evoluindo e a Engenharia Ambiental precisa de ferramentas eficientes.

Ecodesign

A Engenharia Ambiental também precisa de projetos mais elaborados. Por isso, existe o Ecodesign, que é uma área com grande demanda e bastante propícia para os mais criativos.

O Ecodesign consiste na elaboração de projetos através de técnicas de desenho industrial, além de criar serviços sustentáveis aproveitando as vantagens da tecnologia.

Engenharia Civil e Ambiental: entenda a diferença e a possibilidade de mesclar as duas

Além da duração e custo dos cursos, a Engenharia Civil e a Engenharia Ambiental têm várias outras diferenças. Entretanto, há uma área que une as duas: a Geotecnia Ambiental.

Ela possibilita construções que não afetam o meio-ambiente, o solo e nem a biodiversidade da região. Assim, é possível diminuir ao máximo os impactos causados por elas.

Como trabalhar com Engenharia Ambiental?

Para ter o perfil perfeito de um engenheiro ambiental, são necessários três aspectos: 

  • Facilidade com números – afinal, qualquer engenheiro precisa pensar rápido quando se trata de cálculos;
  • Forte senso de liderança, que também é uma característica essencial em um bom engenheiro;
  • Consciência ambiental – a afinidade com a natureza e o meio-ambiente são essenciais.

Em geral, o mercado atual oferece uma boa quantidade de empregos na área. Mesmo assim, é bom estar preparado com alguma especialização.