Empreendedorismo e Intraempreendedorismo: você sabe a diferença?

O Brasil é considerado um dos países com maior número de empreendedores no mundo. Aqui, além daquelas pessoas que têm o sonho empreendedor, também encontramos aquelas que atuam como tal por necessidade. 

Embora o termo “intraempreendedor” ainda não seja muito conhecido, esses profissionais também são muito importantes para a economia global e você pode ser um deles! 

Se você ainda não sabe o que é intraempreendedor ou ainda não sabe a diferença entre empreendedorismo e intraempreendedorismo, nós vamos explicar! Os termos costumam ser muito confundidos, então que tal começarmos por alguns conceitos? 

O que é empreendedorismo?

Ao contrário do que muitos pensam, o empreendedorismo não está necessariamente ligado ao “fazer”. Sim, seu colega que abriu um pequeno negócio é um empreendedor, mas a essência do empreendedorismo está no pensamento e na forma de agir. 

Empreendedorismo tem a ver com criatividade, com a capacidade de idealizar e colocar projetos em prática. É uma característica fundamental para qualquer trabalhador, mas que tem grande destaque para aqueles que têm o desejo de abrir a própria empresa.

E é nesse ponto em que ser empreendedor e empresário se diferem: um empresário de sucesso precisa ser empreendedor, mas um empreendedor de sucesso não precisa ser um empresário. 

O que é intraempreendedorismo?

Quando falamos sobre intraempreendedorismo, estamos falando sobre um processo que envolve o empreendedor. Nesse contexto, o intraempreendedor atua dentro de empresas já existentes, sendo responsável por ideias inovadoras e por implementá-las. 

Esse tipo de profissional é muito requisitado, principalmente em Startups e empresas em setores de alta competitividade. É cada vez mais comum que grandes companhias alimentem uma cultura empreendedora entre os funcionários. 

Principais diferenças entre empreendedorismo e intraempreendedorismo

Embora o empreendedorismo e intraempreendedorismo tenham muitas semelhanças, principalmente em relação ao perfil do profissional, existem diferenças significantes entre ambos: 

  • Enquanto o empreendedor costuma trabalhar em seu próprio negócio, independente do porte, o intraempreendedor é funcionário de empresas que já existem. 
  • Enquanto o empreendedor segue os princípios universais do comportamento organizacional, o comportamento do intraempreendedor pode mudar seu comportamento de acordo com o problema com o qual precisa lidar.
  • Enquanto o foco do empreendedor está em melhorias gerais, em testes e aplicações com seu público, o intraempreendedor está focado na criação de novas tecnologias, modelos de gestão, estruturação, melhorias no ambiente da companhia na qual está inserido. 

Qual a diferença entre empreendedor, administrador e intraempreendedor?

Assim como o administrador, os empreendedores precisam muitas vezes lidar com a parte técnica em seus negócios, principalmente quando são pequenos. 

Já em relação aos intraempreendedores, a grande semelhança entre eles e os administradores é que normalmente ambos trabalham para empresas já existentes, com objetivo de melhorá-las. 

Nada impede que um único profissional seja administrador, empreendedor e intraempreendedor, mas é preciso reconhecer que existem diferenças entre os três, que são muito confundidos. 

Embora os empreendedores e intraempreendedores também precisem de habilidades de administração, o trabalho dos administradores está mais relacionado à aplicação de métodos, à parte técnica, à criação e aplicação de objetivos, ao foco financeiro, enquanto os intraempreendedores e empreendedores representam maior liberdade para criatividade.

A Laboror, além de oferecer os melhores cursos EAD e presenciais, também oferece diversos artigos em seu blog. Explora nossa plataforma e veja mais conteúdos como esse! 

Educação Elitizada ou Direito para todos

Compreendendo que dentro da educação existe o extremismo, que perambula por muitos ambientes e de vários contextos, o que torna imensamente complicado falar de acesso