DESAFIOS NA PANDEMIA DA CLASSE MÉDICA E O PROPAGANDISTA NA PANDEMIA

Desafios enfrentados pela classe médica e o propagandista na pandemia, o mundo parou e fomos obrigados a buscar alternativas para continuarmos nossos trabalhos, tarefa desafiadora, pois de um lado estava nossa saúde e de outro a necessidade de trabalhar.

Este texto é fruto da disciplina de Pós-Graduação “Produção e Inovação Científica” ministrada como último módulo para a formação dos alunos da Laboro. Nela, os alunos aprendem como aplicar conceitos e ferramentas de forma assertiva e criativa para fomentar a inovação na ciência.

Autora: Jane Lilia Sousa Santos, aluna do curso do MBA em Gestão de Pessoas e Liderança.

Orientadora: Professora Ma. Bruna Almeida

Em, 25 de maio de 2020, 75 dias em isolamento social, aproximadamente 370.060 infectados pelo coronavírus e cerca de 23.102 mortes ocasionadas pelo vírus. Diante desse cenário nos vimos numa situação desfavorável para continuarmos nossa rotina, em especial nosso trabalho, fomos desafiados em encontrarmos a melhor forma para resguardarmos nossa saúde e mantermos nossos empregos, como Stephen Hawking diz: “Você tem que ter uma atitude positiva e tirar o melhor da situação na qual se encontra”.

A indústria farmacêutica, onde trabalho tem como principal preocupação o ser humano e a sua qualidade de vida, vejo esforços de todas as formas em trazer o melhor para todos seus colaboradores. Nosso contato como propagandista é levar diariamente informações, estudos e inícios de tratamentos para ser destinados aos pacientes.

Em meio a pandemia a empresa nos resguardou e buscou formas de nos capacitar profissionalmente por via virtual, trazendo treinamentos, cursos na nossa área e um momento de atualizações da nossa ferramenta de trabalho: Cadastro médico.  Dias se passaram, e os impactos causados pela pandemia foram se alastrando, resultando na queda de todos os setores econômicos. Os médicos então tiveram que buscar alternativas para atender seus pacientes, porém a empresa optou por evitar o contato médico nesse momento delicado e viu que não seria a hora para continuarmos nosso trabalho e acharam como solução a antecipação das férias.

Retornamos das férias e nos deparamos com novas medidas para execução do nosso trabalho. A empresa investiu numa plataforma de grande sucesso, aonde podemos ter contato com o médico via remoto, trazendo informações, estudos e necessidades diárias em que podemos levar benefícios através de produtos para o paciente. Nesse momento os médicos estavam se adaptando ao novo normal, usando a telemedicina e retornando aos poucos os atendimentos presenciais, cumprindo todas as exigências da OMS (Organização Mundial de Saúde). Uma das opções sugeridas pela empresa foi de levarmos materiais devidamente higienizados aos médicos em seus consultórios de acordos com suas necessidades e solicitações.

Tínhamos então desafios a serem vencidos e assim fomos nos adaptando a esse novo cenário de maneira satisfatória. Os representantes que se encontram no grupo de risco fazem uso obrigatório dessa ferramenta para realização do seu trabalho. Investiram nas aulas médicas virtuais, por ser uma profissão que estão sempre buscando atualizações em congressos e aulas de diversos temas de suas escolhas, resultando na melhoria de seus atendimentos.

Portanto, com todas as medidas tomadas pela empresa conseguimos ter uma boa adaptação frente à crise que estamos lhe dando, em uma evolução constante de resultados, mas ainda assim continuando em busca da melhor opção para enfim alcançarmos nossas metas, tendo como prioridade a saúde de todos.

Se você se interessou por esta área, saiba mais sobre o MBA em Gestão de Pessoas e Liderança.

REFERÊNCIAS

CORONAVÍRUS (COVID-19). Google Notícias, 2020. Disponível em: <https://news.google.com/covid19/map?hl=pt-BR&gl=BR&ceid=BR:pt-419>. Acesso em: 02 de junho de 2020.

HAWKING, Stephen. O pensador. Disponível em: <https://www.pensador.com/frase/MTk2NDY0NQ/>. Acesso em: 01 de junho de 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *