Como conseguir estágio: dicas incríveis para adquirir experiência ainda na faculdade

pessoas trabalhando
Negócio foto criado por ArthurHidden – br.freepik.com

Uma das grandes dúvidas que cercam os universitários é: como conseguir estágio?

Se você está fazendo faculdade e deseja trabalhar – e colocar experiência no currículo – através de estágios (que não são a mesma coisa que trainee, hein!?) mas não sabe por onde começar, fique tranquilo! Até o final desse post, te ensinaremos como conseguir estágio na faculdade.

Onde procurar estágios?

O primeiro passo para obter sucesso na missão de encontrar um estágio é saber onde procurá-lo. Veja só:

  • Contatos profissionais 

Sim, uma das formas mais eficazes de conseguir um estágio é estabelecendo seus contatos. Uma rede de apoio – onde todos se ajudam com indicações, informações e divulgação de vagas – é muito útil.

  • Sites e portais

Existem muitos sites na internet – como o vagas.com.br e o LinkedIn – que podem oferecer oportunidades na área. Basta ter um bom perfil e paciência para procurar!

  • Entrar em contato diretamente com as empresas

Embora pareça um pouco improvável ter sucesso através desse método tão clássico, enviar – ou entregar – seu currículo, ligar ou se inscrever através do site da empresa também podem ser caminhos para encontrar sua oportunidade de estágio.

Estágio: como conseguir?

Agora que você já sabe onde começar a procurar um estágio, o próximo passo para o sucesso na busca é entender melhor como conseguí-lo! Listamos abaixo algumas dicas.

Como conseguir um estágio remunerado

Os estágios remunerados, muito procurados pelos universitários, costumam ser divulgados por sites de vagas, no quadro de avisos da faculdade e até mesmo pelos professores.

Normalmente, os alunos que podem se candidatar a vagas de estágio remunerado são aqueles cujo curso não exige um estágio obrigatório como parte da carga horária.

Como conseguir estágio não remunerado

Um estágio supervisionado, aquele que não oferece remuneração, geralmente é considerado uma parte obrigatória na carga horária do aluno.

Sendo assim, é comum que o universitário não precise procurar essa vaga, pois a própria instituição já a deixa preparada.

Acabada a carga horária obrigatória de estágio, o aluno pode optar por continuar – e começar a receber pelo serviço, transformando-o em um estágio remunerado.

Independentemente do tipo de estágio que o aluno procura, é interessante que algumas dicas sejam seguidas para que tudo dê certo. Veja nos próximos tópicos!

Como garantir sua vaga em um estágio

Para entender de uma vez por todas como conseguir estágio, é importante que o aluno compreenda quais são os passos básicos para se dar bem no processo seletivo. Por isso, listamos abaixo algumas dicas que vão ajudar a garantir sua vaga!

Saiba o que os empregadores procuram

Em vagas de estágio, as exigências podem não ser tão rígidas quanto no processo seletivo de uma empresa que procura um funcionário fixo ou trainee, por exemplo.

Mesmo assim, é muito comum que algumas soft skills, principalmente, sejam bastante valorizadas para este tipo de vaga.

Por isso, estude sobre o que os seus possíveis empregadores procuram em um candidato a estágio! Isso vai depender da função que cada vaga oferece, além de alguns outros fatores.

Tenha um bom currículo

Mesmo que você não tenha tido nenhuma experiência profissional antes de iniciar a graduação, é importante ter um currículo bem feito e organizado. Isso garante muito mais credibilidade!

Cite suas maiores competências e utilize o que você aprendeu na faculdade até agora a seu favor.

Trabalhe bem em equipe

Em vagas de estágio, é muito comum que os universitários sejam colocados para trabalhar – e aprender – juntos.

Por isso, treine sua habilidade de trabalhar bem em conjunto com outras pessoas e coloque isso no seu currículo!

Seja sincero

Apesar de um dos fatores mais determinantes – além do resultado da sua entrevista – ser o currículo, é importante que não sejam adicionadas informações falsas.

É comum que candidatos coloquem, por exemplo, inglês ou excel intermediário para dar uma valorizada nas competências presentes no currículo.

Apesar de parecer uma boa ideia, lembre-se de não adicionar nada que possa te colocar em uma situação complicada posteriormente. Ser sincero no currículo e na entrevista é primordial!