A Importância do Soft Skills na Gestão de Projetos

A gestão de projetos se mostra como um dos fatores decisivos para o alcance de sucesso dentro das organizações. Esta pesquisa tem como objetivo contribuir para estudos acadêmicos, ao demonstrar o destaque que o soft skills possui no gerenciamento de projetos, para o mundo corporativo, ressaltar que os soft skills poderão se tornar uma lista de pré-requisitos demandados por um gestor ao fazer recrutamento.

Este texto é fruto da disciplina de Pós-Graduação “Produção e Inovação Científica” ministrada como último módulo para a formação dos alunos da Laboro. Nela, os alunos aprendem como aplicar conceitos e ferramentas de forma assertiva e criativa para fomentar a inovação na ciência.

Autora: Adriana Costa – Aluna da MBA em Gestão de Projetos

Estudos apontam que 91% dos profissionais são contratados pelas competências técnicas e experiências trazidas por seus currículos e são demitidos por problemas comportamentais, gerados por deficiências ou não desenvolvimento, das chamadas soft skills. As “soft skills” são habilidades subjetivas, de difícil identificação e diretamente relacionadas à inteligência emocional das pessoas.

Estas capacidades são, normalmente, adquiridas por meio das experiências vivenciadas ao longo do tempo e não em livros e cursos. Diferentes das chamadas “hard skills” aquelas que, normalmente, entram no currículo e são aprendidas em cursos, faculdades, escolas e outros empregos, e que são específicas para cada área, as “soft skills” são interessantes para qualquer tipo de atuação profissional.

Contudo, apesar da importância das soft skills, elas são difíceis de serem mensuradas e desenvolvidas, pois são competências subjetivas, estão intimamente relacionadas à personalidade e outros fatores emocionais construídos ao longo da vida do indivíduo.

Tendo isso em vista, é possível entender o motivo pelo qual as soft skills são tão valorizadas na atualidade. Existem muitas vantagens estratégicas em contratar pessoas que tenham soft skills desenvolvidas.

Para que a equipe entregue os resultados esperados, um bom relacionamento entre os colegas é essencial. É aí que entram, por exemplo, as habilidades de comunicação e trabalho em equipe. Se os profissionais do time tiverem essas competências, fica fácil estabelecer um dia a dia produtivo e harmonioso.

Mas além da inteligência emocional, as demais soft skills trarão foco, engajamento, motivação e produtividade. Por isso é preciso que as gerações de profissionais se adaptem às novas exigências do mercado. Hoje soft skills já são bastante exigidas por empresas e, quanto mais modernas e desenvolvidas as organizações forem se tornando, mais os profissionais precisarão dessas competências não-técnicas.

Segundo a pesquisa global Capgemini Digital Transformations Institute de 2017, 60% das empresas estão em uma crise de soft skills entre seus funcionários. A pesquisa ainda revelou que a busca por profissionais com soft skills vem aumentando. E a seguir, a porcentagem do que as empresas, dos 1.250 executivos da pesquisa, buscam:

  • Foco no Cliente (65%): prestar bom atendimento e dedicar-se ao cliente;
  • Colaboração (64%): cooperar com a equipe e na rotina de trabalho;
  • Paixão por aprender (64%): sair da zona de conforto e ir em busca de novos conhecimentos;
  • Habilidade Organizacional (61%): conhecimentos que o gestor precisa para compreender a complexidade da organização.

Levando-se em consideração tudo que foi exposto, entendemos que as soft skills são as habilidades que muitas vezes temos como qualidades pessoais, portanto não é levado em conta de que são as competências mais buscadas pelas empresas. Hoje só as hard skills não são mais suficientes para destacar um profissional no mercado. Por isso, as soft skills vem se tornando cada vez mais importantes e ganhado destaques no âmbito corporativo e dificilmente serão copiadas pelos robôs.

REFERÊNCIAS

https://www.gupy.io/blog/soft-skills (Acesso em 23 de outubro de 2021)

https://forbes.com.br/carreira/2017/07/6-soft-skills-mais-requisitadas-pelo-mercado/ (Acesso em 23 de outubro de 2021)

https://folhadirigida.com.br/mais/noticias/soft-skills/inteligencia-emocional-e-a-soft-skill-mais-buscada-por-empregadores (Acesso em 23 de outubro de 2021)

https://www.edools.com/soft-skills/ (Acesso em 23 de outubro de 2021)

ANTUNES, Lucedile. Soft skills: competências essenciais para os novos tempos. 1ª edição.  Literare Books International, (13 novembro 2020).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Edital Monitoria- Estética & Cosmética

Edital Monitoria – Estética & Cosmética Faculdade Laboro informa aos interessados que se encontram abertas as inscrições para o Programa de Monitoria que tem por