2º Congresso de Tecnologias em São Luís (CONNTECH)

Nos dias 31 de Maio e 1 de Junho, a Faculdade Laboro São Luís promoveu o 2º Congresso de Tecnologias (CONNTECH). Com o tema “Empregabilidade na área de TI: cenário atual e perspectivas”, o evento realizado pelo curso de redes de computadores da Faculdade Laboro reuniu profissionais e estudantes da área.

O congresso deste ano se preocupou em abordar temas relevantes sobretudo para profissionais recém-formados em busca de uma inserção no mercado de trabalho. Assuntos como demanda e absorção dessa mão-de-obra específica, qualificação e remuneração também foram abordados no Conntech 2019.

Dentro da programação, contamos com assuntos atuais relacionados ao tema, como por exemplo: Empreendedorismo, Startups e indústria 4.0, assim como minicursos ministrados por professores e profissionais relevantes no mercado. Logo no início, contamos com palestras apresentando casos de empreendedorismo de sucesso com João Paulo Andrade do Whiplash.com, além de palestra sobre Sturtups com Lana Reis do Black Swan.

Seguindo a programação congresso, no segundo dia foram ministrados os minicursos que contaram com a participação de estudantes e profissionais interessados em desenvolver uma nova capacitação. Entre os temas ministrados, temos o minicurso de Certificação ITIL V3, Empregabilidade em TI, Infraestrutura de micro serviços utilizando Docker, DevOps – alinhando Desenvolvimento e infraestrutura, Endereçamento IP com IPV6, além de palestra sobre realidade virtual e indústria 4.0.

Por fim, tivemos a apresentação de banners com trabalhos desenvolvidos por alunos do curso de Redes de Computadores, que além de desenvolverem pesquisas com temas relevantes na atualidade, receberam reconhecimento pela iniciativa e premiações para os três primeiros lugares.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ranking 7 melhores cursos EAD em 2021!

A educação a distância ganhou grande destaque durante a pandemia de Covid-19 no ensino escolar brasileiro, mas a modalidade já era conhecida no ensino superior,